Gilmar Mendes tem encontro com Bolsonaro no Palácio do Planalto

16/10/2019

O encontro entre Gilmar Mendes e Jair Bolsonaro aconteceu nesta quarta-feira (16) e segundo a jornalista Mônica Bergamo, "foi uma visita de cortesia"

Às vésperas do julgamento do Supremo Tribunal Federal vai discutir a validade da prisão após condenação em segunda instância, que pode libertar o ex-presidente Lula e restabelecer o entendimento constitucional sobre a presunção da inocência, o ministro Gilmar Mendes se reuniu com Jair Bolsonaro.O encontro aconteceu nesta quarta-feira (16) e segundo a jornalista Mônica Bergamo, "foi uma visita de cortesia —os dois já tinham se falado pessoalmente em duas outras oportunidades".

Gilmar Mendes afirmou que o tema de debate do Supremo nesta quinta-feira (17), a segunda instância, não foi abordado e que a conversa girou em torno de temas gerais do Judiciário.

Exército da Turquia intensifica ataques a curdos na Síria; familiares

16/10/2019

O exército da Turquia intensificou na madrugada deste domingo (13), quinto dia de ofensiva militar, a sua operação no norte da Síria, com ataques nas proximidades das cidades sírio-curdas de Ras al Ain e Akçakale.

Autoridades curdas informaram que centenas de estrangeiros ligados ao Estado Islâmico fugiram do campo de refugiados de Ain Issa, que abriga cerca de 12 mil deslocados. Entre eles, estão cerca de mil estrangeiros, como mulheres e crianças, com conexão com o grupo terrorista. O número exato de fugitivos ainda não está claro: um grupo que monitora o conflito fala em 100, mas autoridades curdas dizem que esse número pode chegar a 800.

Um novo comboio de tanques turcos chegou até a região norte da Síria e os disparos de artilharia continuaram pela manhã deste domingo. Segundo a CNN, forças turcas bloquearam a principal via que dá acesso a Kobani.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou neste domingo que as forças turcas e grupos sírios aliados dominaram Tal Abyad, a maior cidade conquistada até o momento desde o início da ofensiva de Ancara na última quarta-feira.Em resposta aos ataques turcos, cerca de 300 projéteis das milícias sírio-curdas caíram em diferentes áreas do sul da Turquia, deixando 18 mortos e 100 feridos, todos civis, informam agências internacionais de notícias. O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirma que 21 pessoas morreram de ambos os lados.

As Forças Democráticas da Síria (FSD) recuperaram a maior parte das áreas ocupadas pelas forças turcas na fronteira de Ras al Ain, chave para entrada no território sírio.

O governo turco informou neste domingo que durante sua ofensiva no norte da Síria, que começou na quarta-feira passada, “neutralizou” - matou, deteve ou feriu - 480 combatentes das milícias sírio-curdas.

“As operações da ofensiva ‘Fonte de paz’ continuaram com sucesso da noite para o dia, com apoio de fogo do solo e do ar, incluindo drones”, disse o Ministério da Defesa turco em comunicado.

Críticas estrangeiras

O país enfrenta cada vez mais críticas do exterior, tanto de seus parceiros ocidentais na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) quanto na Liga Árabe.

No sábado (12), França e Alemanha anunciaram que deixarão de vender armas para a Turquia enquanto a operação continuar. Nesta manhã de domingo, o presidente do Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que o embargo não deterá a ofensiva.

Ele já afirmou anteriormente que “a operação continuará até que as ameaças do Unidades de Proteção do Povo (YPG) e do Estado Islâmico sejam completamente eliminadas no norte da Síria”. Ele também ameaçou nesta quinta-feira (10) "enviar 3,6 milhões de migrantes" à Europa, em resposta às críticas a sua operação militar.

Preocupação com fuga de famílias do EI

O destino dos extremistas islâmicos que atualmente estão presos na Síria preocupa o mundo inteiro. Antes do início da ofensiva turca, as Forças Democráticas da Síria (FDS), integradas às principais milícias curdas da Síria, já tinham deixado claro que teriam que concentrar suas forças em se defender.

Neste domingo, a França manifestou sua "preocupação" depois que os familiares de extremistas estrangeiros do Estado Islâmico fugiram do acampamento de refugiados na Síria e pediu à Turquia o fim de sua intervenção militar.

"Evidentemente, estamos preocupados com o que possa acontecer. É por isso que desejamos que a Turquia acabe o mais rápido possível com sua intervenção" militar no norte da Síria, declarou o porta-voz do governo, Sibeth Ndiaye, em entrevista à televisão pública francesa.

A chanceler alemã, Angela Merkel, também pediu ao presidente turco que pare "imediatamente" a ofensiva na Síria, advertindo que ela pode favorecer "a desestabilização da região e um ressurgimento do EI".

130 mil pessoas em fuga

Mais de 130 mil pessoas deixaram suas casas nas cidades de Tell Abiad e Ras al Ain, no nordeste da Síria, desde que a ofensiva turca na área começou no meio desta semana.

Alguns deles foram recebidos por parentes em vários locais, mas muitos se refugiaram em escolas ou abrigos coletivos em cidades como Tal Amr, Hasakeh ou Raqa, diz as Nações Unidas.

Segundo o escritório humanitário da ONU, cerca de 400.000 pessoas na área podem precisar de assistência e proteção nos próximos dias.

A ONU também alertou que os hospitais públicos e privados de Ras al Ain e Tell Abiad fecharam suas portas na sexta-feira (11), e que mais de 400.000 pessoas ficaram sem abastecimento de água na área de Hasakeh.

Autoridades de várias cidades perto do conflito decretaram o fechamento das escolas por pelo menos três dias, a partir de segunda-feira (14).

'Operação Fonte de Paz'

O governo turco chama a operação de "Fonte de Paz". Segundo o presidente Erdogan, os alvos são a milícia curda Unidades de Proteção do Povo (YPG), acusada de ter vínculo com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), e o Estado Islâmico. Forças lideradas pela YPG foram aliadas dos Estados Unidos no combate ao grupo terrorista durante a guerra na Síria.

A retirada das tropas americanas de posições importantes, como Ras al Ain e Tal Abyad, e o compromisso de não se envolver no confronto evidenciam uma mudança de estratégia por parte dos Estados Unidos, que abandona os curdos – os principais aliados de Washington na luta contra o grupo extremista. A ofensiva faz crescer o temor de que o Estado Islâmico volte a ganhar força na região.

O objetivo da ação, segundo Erdogan, é estabelecer uma "zona de segurança" no nordeste da Síria. Turquia pretende criar uma "zona livre" na fronteira com a Síria, onde se concentram as forças curdas. O governo de Erdogan alega que a milícia curda YPG, presente nessa região, atua de forma terrorista e está por trás de ataques em território turco ligados ao PKK.

Caixa inicia nesta sexta pagamento do FGTS para não correntistas

16/10/2019

A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira (18) mais uma etapa de liberação do Saque Imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esta fase é para trabalhadores que não têm conta na Caixa.

Os trabalhadores nascidos em janeiro que não têm conta no banco poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do fundo. Serão cerca de 4,1 milhões de pessoas nesta etapa, com injeção de R$ 1,8 bilhão na economia.

Governo propõe extinção de multa de 10% do FGTS para empregador

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, essa é a fase mais complexa dos pagamentos. “Até agora, os três primeiros pagamentos, como eram de clientes da Caixa, 82% dos 36 milhões de pessoas sacaram pelo celular. Os próximos 12 pagamentos utilizaremos, em especial, as lotéricas. Esperamos movimento grande e presencial”.

Segundo Pedro Guimarães, o banco terá gastos de R$ 1 bilhão, com os pagamentos do FGTS, como com horas extras de funcionários e taxas para as lotéricas. Por isso não há como dar gratuidade nas tarifas de transferências para clientes com contas em outros bancos.

De acordo com a Caixa, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores referentes ao Saque Imediato. Desse total, 82% movimentaram o dinheiro pelo celular, sem precisar ir a agências.

Em um mês, mais de R$ 15 bilhões em crédito em conta foi feito para quase 37 milhões de trabalhadores. Quem tem conta-poupança na Caixa ou crédito em outro tipo de conta do banco recebeu o dinheiro automaticamente.

Os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões na economia. Para 2020, serão mais R$ 12 bilhões.

ATENDIMENTO

Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem possui senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento.

No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto. Segundo a Caixa, mais de 20 milhões de trabalhadores podem fazer o saque só com o documento de identificação nas lotéricas.

Quem não tem senha e cartão cidadão e vai sacar mais de R$ 100, deve procurar uma agência da Caixa.

Embora não seja obrigatório, a Caixa orienta ainda, para facilitar o atendimento, que o trabalhador leve também a carteira de trabalho para fazer o saque. Segundo o banco, a Carteira de Trabalho pode ser necessária para atualizar dados.

As dúvidas sobre valores e data do saque pode ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para iOS e Android), pelo site ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800 724 2019, disponível 24 horas.

A data limite para saque é 31 de março de 2020. Caso o saque não seja feito até essa data, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

HORÁRIO ESPECIAL

Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em horário estendido na sexta (18), segunda (21) e terça-feira (22). As agências que abrem às 8h, terão o encerramento do atendimento 2 horas depois do horário normal de término. As que abrem às 9h, terão atendimento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h, iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h, também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal.

A lista das agências com horário especial de atendimento está no site da Caixa.

Essas agências também abrirão no sábado (19), das 9h às 15h (horário local), para fazer pagamentos, tirar dúvidas, fazer ajustes de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão.

A Caixa destaca que o Saque Imediato não altera o direito de sacar todo o saldo da conta do FGTS, caso seja demitido sem justa causa ou em outras hipóteses previstas em lei. Essa modalidade de saque não significa que houve adesão ao Saque Aniversário, que é uma nova opção oferecida ao trabalhador, em alternativa à sistemática de saque por rescisão do contrato de trabalho. Por meio do Saque Aniversário, o trabalhador poderá retirar parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, de acordo com o mês de aniversário.

SEGURANÇA

O vice-presidente de Distribuição da Caixa, Valter Nunes, afirmou que a Caixa tem um plano de segurança para esta etapa de saques, envolvendo a Polícia Federal e as polícias regionais, com sistema de rondas em locais de saque. Por se tratar de uma questão segurança, ele afirmou que não dará detalhes sobre o plano. Além disso, informou que há uma equipe de trabalho disponível para ocorrências relacionadas a segurança, reposição de numerário e outros problemas, até o fim dos pagamentos.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


NEY BATISTA

Gospel

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Daniel Casimiro

Maravilhoso Amor

02.

Bruna Karla

Advogado Fiel

03.

Eyshila

O Milagre Sou Eu

04.

Anderson Freire

Raridade

05.

Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes